/O Brasil está pronto a descobrir o Algarve
Algarve Quinta do Lago

O Brasil está pronto a descobrir o Algarve

O Brasil está pronto a descobrir o Algarve

A Associação de Turismo do Algarve (ATA) integrou o evento Portugal 360, que começou no Rio de Janeiro no passado dia 17 de maio. O objetivo do Portugal 360 é dar a conhecer Portugal aos brasileiros e incentivá-los a conhecer o “país irmão” para além das piadas antigas e dos estereótipos.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística, citado pelo jornal Barlavento, o mercado brasileiro é o oitavo mais representado em termos de hóspedes estrangeiros no Algarve (dados de 2018). Sendo o Brasil um país com 200 milhões de habitantes, a sua classe alta e média-alta (com poder de compra não só para viajar até Portugal como para investir em imobiliário no nosso país) é muito mais numerosa do que aquilo que, por vezes, se poderia pensar.

A distância do voo intercontinental não ajuda, tal como dificultou, durante muitos anos, a proximidade dos turistas norte-americanos ao nosso país. Contudo, para os brasileiros há sempre a proximidade da cultura e da língua, somando ao facto de Portugal “estar na moda”.

O Barlavento citou Dora Coelho, diretora executiva da ATA, que referiu que o visitante brasileiro é interessante não apenas pelo seu poder de compra mas também por estar disponível para conhecer o Algarve fora da época alta do turismo. Os brasileiros também se mostram interessados em tudo o que a região oferece além das praias (rotas de ciclismo e pedestrianismo, parques aquáticos, etc.). O Brasil “para” entre o Natal e o Carnaval, na sua época de verão, e trabalha sem paragens em julho e agosto, quando o hemisfério norte tira férias.

Avenida Ayrton Senna_placa topon

É de recordar, a propósito deste tema, que o célebre campeão de Fórmula 1 Ayrton Senna foi proprietário de uma “villa” na Quinta do Lago, na fase final da sua carreira. Apaixonado pelo clima e pelo país, era aqui que se refugiava nos intervalos entre corridas, de modo a evitar os longos voos intercontinentais para o Brasil. Após o seu falecimento, em 1994, Senna foi homenageado com o seu nome numa rua da urbanização.

TAGS: