/Covid-19: a gestão da crise

Covid-19: a gestão da crise

Covid-19: a gestão da crise

A nova estirpe de coronavírus parece estar a chegar a Portugal, depois de longas semanas de expectativa. O governo está a tomar as primeiras medidas, tendo anunciado o encerramento de uma escola em Felgueiras e de parte da Universidade do Minho, em Braga. Estão também suspensas as visitas a hospitais, prisões e lares de terceira idade. As autoridades procuram manter a calma, ao mesmo tempo que tomam decisões que deverão contribuir para a contenção do contágio.

Confederação do Turismo apela à calma

Este mesmo estado de espírito foi manifestado por Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo Português (CTP), em declarações à imprensa no passado dia 6 de março (sexta-feira). Além do apelo à calma, Francisco Calheiros relembrou o “senso comum” relativamente à influência de acontecimentos desta natureza para o setor: o turismo “costuma ser o primeiro a entrar em crise e o primeiro a sair”.

Bolsa de Turismo de Lisboa adiada

Uma das mais óbvias medidas de reconhecimento da crise e da gestão das suas consequências, por parte do setor do turismo, foi o adiamento da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL). Marcada para março, foi reagendada para a semana de 27 a 31 de maio.

O principal impulso veio das autoridades públicas, uma vez que o Turismo de Portugal havia já anunciado que não iria estar presente na BTL por questões de segurança. Na prática, a ausência do Turismo de Portugal praticamente “obrigou” os responsáveis da BTL ao adiamento, pois o certame não faria sentido sem a sua presença.

A Primavera e a lavagem das mãos

De acordo com o virologista Jorge Atouguia, a chegada da primavera e do calor deverão contribuir para diminuir o número de casos de Covid-19. De qualquer forma, a manutenção de hábitos básicos de higiene (como a lavagem das mãos) será também extremamente importante para a contenção do problema. E após quase dois meses de intensa exposição mediática, não se pode dizer que os portugueses não estejam sensibilizados para esta situação.