Portugal vence “Óscares” do turismo em 37 categorias

Portugal, definitivamente, está na moda enquanto destino turístico de nível mundial. A comunicação social divulgou que o país ganhou mais um prémio, desta vez dos World Travel Awards. Porém, a leitura apressada não diz tudo sobre a importância deste prémio.

Algarve Portugal

Portugal vence “Óscares” do turismo em 37 categorias

Portugal, definitivamente, está na moda enquanto destino turístico de nível mundial. A comunicação social divulgou que o país ganhou mais um prémio, desta vez dos World Travel Awards. Porém, a leitura apressada não diz tudo sobre a importância deste prémio.

Em primeiro lugar, porque este não é um prémio qualquer. Portugal, Lisboa, Porto, Algarve, Madeira e Açores têm ganho vários prémios publicados por revistas e websites da especialidade, por vezes atribuídos por um júri, outras por votação livre do público. Mas o World Travel Awards é uma iniciativa diferente. É um prémio organizado pelos próprios profissionais do setor do turismo. Neste sentido é semelhante aos Óscares do cinema norte-americano, ou à atribuição do prémio de Melhor Jogador de Futebol do mundo pela FIFA, feita por jogadores, treinadores e jornalistas. Pode considerar-se um prémio oficial.

Algarve Portugal

Em segundo lugar, porque ”Portugal” não venceu “só”. Tal como nos Óscares, existem várias categorias. E se é verdade que venceu o prémio de Melhor Destino Europeu (o mais importante do nosso continente), também é verdade que o país venceu em 37 categorias, mais 13 do que no ano anterior. O Algarve, por exemplo, arrecadou vários prémios:

  • Melhor Destino de Praias Europeu (para a região, em si);
  • Melhor Resort “Lifestyle” Europeu (EPIC Sana Algarve Hotel);
  • Melhor Resort “Lifestyle” Europeu (Conrad Algarve);
  • Melhor Hotel de Reuniões e Conferências (Ria Park Hotel);
  • Melhor Resort de Praia Europeu (Hotel Quinta do Lago)
  • Melhor “Boutique Hotel” Europeu (Vila Joya)
  • Melhor “Boutique Resorts” Europeu (Vila Joya)
  • Resort mais Romântico da Europa (Monte Santo)

Os números são claros: 17% das exportações e 8% dos empregos estão ligados ao turismo, e a tendência é de crescimento. Os turistas adoram tudo: o clima, a gastronomia, a História, a natureza, o património, a segurança, os preços – e, talvez, acima de tudo, as pessoas, naturalmente simpáticas e prestáveis.

Tudo isto contribui também para que o turismo se torne um fenómeno mais permanente, diminuindo o seu caráter clássico de sazonalidade. O setor imobiliário terá um papel importante a desempenhar, ao captar turistas em busca de segunda residência ou mesmo de residência permanente para gozar a reforma. Turistas esses que irão contribuir de forma muito positiva para a economia, tanto no Algarve como no resto do país, ao longo de todo o ano.

Author: IRG Property

Passion for property all over the world. Specialise in Portugal and mostly the Algarve at the present. Been all over America and Europe buying and selling property. Now using that knowledge to help others' with their property search.