/6 razões para comprar casa no Algarve
6 razões para comprar casa no Algarve

6 razões para comprar casa no Algarve

6 razões para comprar casa no Algarve

Se está à procura de bons motivos para comprar um apartamento no Algarve, ou uma moradia, talvez nunca como agora tenha existido uma concentração tão intensa de boas razões. Veja em seguida seis fatores que, em conjunto, fazem com que este seja o momento certo para comprar casa no Algarve.

Timing da banca

Para conseguir financiamento bancário, este é o momento certo. O próprio Banco de Portugal já foi obrigado a vir a terreiro alertar contra os perigos do excesso de crédito e de uma eventual sobre-exposição. Não se trata ainda, contudo, de uma repetição do cenário da década passada – e de qualquer forma investir em imobiliário é seguramente uma das modalidades mais seguras nas quais um banco poderá apostar.

O Algarve é já ali

Durante muitos anos não havia autoestrada para o Algarve, e Herman José deplorava até ao limite o facto de não existir uma autoestrada para o Algarve. Agora não só existe como até é possível encontrar voos low cost Lisboa-Faro e Porto-Faro. Nunca foi tão fácil chegar ao Algarve.

6 razões para comprar casa no Algarve

Oportunidade de investimento, 1 (turismo)

O turismo algarvio continua em expansão, com uma aposta cada vez mais evidente no segmento “premium” e no turismo de qualidade. Comprar casa no Algarve significa criar uma oportunidade de investimento para um futuro a médio ou longo prazo.

Clima

O clima pode estar a mudar, mas há algo que se mantém: o facto de o Algarve ser a região com o inverno mais ameno de Portugal Continental. Aqui não há neves, nem grandes geadas ou borrascas.

Oportunidade de investimento, 2 (pirâmide demográfica)

O Algarve está a afirmar-se como um destino privilegiado para os europeus passarem a reforma. A pirâmide demográfica europeia, apontando para um envelhecimento progressivo, deixa antever o futuro a médio prazo. Um grande número de potenciais compradores de casa no Algarve está neste preciso momento a fazer as suas poupanças, os seus planos a longo prazo, e a imaginar-se a viver em Portugal durante a reforma. A procura deverá aumentar, e as suas possibilidades de conseguir retorno também.

Oportunidade… pessoal

E se no fim de contas não quiser vender a sua casa? E se quiser imitar os ingleses, italianos e alemães que estiverem à sua volta e quiser passar os anos dourados da reforma numa região tranquila, com bom clima e melhor gastronomia? É simples: cancele os seus planos de vender a casa no Algarve e faça dela a sua primeira residência.

Enquanto isso não acontece, já sabe que está ali um ativo, igualmente capaz de gerar dinheiro ao longo do ano e de lhe servir como base para as suas férias no Algarve.

TAGS: